Poeminha besta, vida sem sentido

0 comentários


A alegria finalmente entrou na casa de dona Maria
Sorrateiramente
 Na ponta dos pés
 Sem bater na porta
Ela foi entrando
Vagarosamente o sorriso foi se abrindo
Os olhos se iluminando





...
Se você gostou desse post, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

Nenhum comentário para "Poeminha besta, vida sem sentido"

Postar um comentário