Carta Anônima nº 1

0 comentários





Oi moça,

Faz muito tempo que eu não vejo um sorriso no seu rosto. Isso me deixa triste porque aquele seu sorriso é tão lindo que viciei nele. E agora ficou difícil passar um dia sem vê-lo. Abstinência, nesse sentido, é muito ruim.  Eu queria por um pouco de alegria nesse coração, queria que um bom moço caísse de paraquedas no seu colo pra ser amor à primeira vista. Eu queria te levar pra conhecer o campo. Eu também não conheço o campo, mas nos filmes passear por ele é sempre uma experiência esclarecedora. Eu li uma vez que antigamente, diversão era reflexão e não bombardeamento de informações como tem sido hoje em dia. Então, eu só queria te levar pra conhecer a calmaria. Eu ia aproveitar pra te mostrar que as pessoas, de longe, são boas, que a vida é bela. E que crer nisso não faz de você um ser humano irracional. Você deve enxergar a vida com um pouco mais de boa vontade. Se estar com todas aquelas pessoas não te faz bem, simplesmente deixe de andar com eles, deixe de comentar sobre eles, de querer saber se eles te aprovam. Você precisa somente parar de querer aprovação alheia. Eu te amo do jeito que você é e com o dinheiro que você tem. Ano que vem eu quero ver você amando a si mesma como é e amando o pouco que possui. As pessoas não gostam de pessoas perdedoras, aprenda isso, as pessoas fingem ter pena delas, é diferente. Mostre que você está comendo bem, se vestindo bem, amando a vida como ela é. Você não precisa ter o rótulo de sofredor pra ser honesto. Não precisa sofrer mais e mais a cada ano, nem precisa ser autor do próprio sofrimento. Se não há jeito pra dar, simplesmente ignore tudo aquilo que te faz mal. Espero que no fim do ano que vem, eu possa escrever uma nova carta, agradecendo por você ter me presenteado várias vezes com o seu sorriso, e te parabenizando por você estar achando a vida bela.

Só por curiosidade, você tem o olho mais bonito que eu já vi.

abraços



foto: Retrato de moça - Almeida Junior



...


Se você gostou desse post, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

Nenhum comentário para "Carta Anônima nº 1"

Postar um comentário