Carta Anônima nº 3

0 comentários






Cara amiga,

Você é a mulher mais forte que conheço. Se você morrer hoje e eu viver ainda por muitos anos, tenho certeza que você vai ser à mulher mais forte que eu conheci em toda a minha vida. Perceba que eu ao chamá-la de forte, não estou dizendo que é perfeita. Eu presenciei momentos onde você menosprezou algumas pessoas em detrimento do bem estar de outras. Isso, a meu ver, é deplorável embora não te torne uma pessoa ruim. E por falar em defeitos, talvez escrever esta carta seja uma puta covardia, porque sei que você não vai lê-la. Mas voltando ao seu defeito que aqui apontei, nele também eu vejo sua maior virtude: amar incondicionalmente. Há quem diga que por amor se comete os maiores erros. Eu até acredito nisso, mas por amor também se comete os maiores acertos. O próprio fato de amar já é um acerto muito grande.  E por ser capaz de amar tanto, eu digo que você é a mulher mais forte que conheço, é a mais chorona também. Se compadece muito fácil com o sofrimento alheio. Meu objetivo de vida é ter exatamente um décimo do que você teve. Enfim, não vou escrever mais. Você é a mulher mais forte que eu conheço, continue sempre assim.

Beijos,
Bianca



Foto: Um Olhar Diferente - Tina Felice, Porto Alegre/RS/Brasil.



...

Se você gostou desse post, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

Nenhum comentário para "Carta Anônima nº 3 "

Postar um comentário