Separação

1 comentários




Dentre toda a poeira que cobria os móveis
Ele havia se perdido no limbo que era estar ali sozinho
Aquela casa já conheceu a alegria
Agora ali no canto uma namoradeira, uma merda de vida sentada nela  
Uma caixa com coisas antigas
Fotos, bilhetes, contas, receitas médicas...
Tudo o que era parte do seu dia antes dela ir embora
Coisas que o lixo logo em breve comeria...






-ah se eu pudesse voltar no tempo...
-Ele é feroz senhor,  não é como nós. O tempo não sabe olhar pra trás.








...
Se você gostou desse post, compartilhe!
Digg it StumbleUpon del.icio.us Google Yahoo! reddit

1 Comentários para Separação

26 de fevereiro de 2012 11:56

Muito boa essa postagem. "O tempo não sabe olhar pra trás".
A nostalgia nos persegue.

Postar um comentário